Mom of Missing Idaho Kids, localizada no Havaí, encarregada de mostrar às crianças

A mãe de Idaho de um par de crianças que não foi visto em meses é sendo ordenado pelo Departamento de Saúde e Bem-Estar daquele estado para mostrar que essas crianças ainda estão vivas. Esse pedido foi feito depois que ela e o marido foram encontrados no Havaí, que a maioria dos mapas afirma ser a cerca de 3.000 milhas de Idaho.

De acordo com o Departamento de Polícia de Rexburg, Idaho, Joshua Vallow, de sete anos, e Tylee Ryan, de 17, foram vistos pela última vez em setembro.



A polícia estava tentando questionar sua mãe, Lori Vallow, e seu marido, Chad Daybell, mas afirmam que os dois não cooperaram e que fugiram do estado. Nem Vallow nem Daybell relataram o desaparecimento das crianças.

Lori Vallow e Chad Daybell foram encontrados no Havaí - mas seus filhos ainda não foram encontrados

BOISE, Idaho- A polícia diz que a mãe de duas crianças desaparecidas foi encontrada no Havaí, junto com seu novo marido, mas as crianças ainda não foram localizadas. pic.twitter.com/fAoIgQ588a

- O Grande Não Resolvido (@GreatUnsolved) 28 de janeiro de 2020

O Departamento de Polícia de Kaua'i no Havaí disse anteriormente que estava ajudando a polícia de Rexburg. Por meio de uma declaração, esse departamento alegou que haviam atendido Vallow com uma ordem de petição na tentativa de fazê-la produzir fisicamente seus filhos para o Departamento de Saúde e Bem-Estar de Idaho.


sílabas de inverno



O comunicado disse ainda que o casal estava 'permanecendo em Kaua'i por um período não confirmado', enquanto revelava que um mandado de busca para eles e seu veículo havia sido cumprido.

Os policiais de Kaua'i disseram ainda que o casal não enfrenta acusações ou prisão, mas a polícia de Rexburg divulgou seu próprio depoimento dizendo que Vallow tem cinco dias para produzir os filhos, ou ela poderia ser condenada por desacato ao tribunal.

A busca pelas crianças desaparecidas começou no dia 26 de novembro, quando foi feito um cheque da previdência para Joshua, que tem necessidades especiais.



Quando isso aconteceu, Vallow e Daybell supostamente disseram à polícia de Rexburg que ele estava hospedado com um amigo da família no Arizona. Os investigadores descobriram que isso era uma mentira. A NBC News também relata que uma testemunha disse à polícia que Vallow havia 'falado falsamente' que Tylee estava morto.

A polícia de Rexburg declara que soube que Vallow está ciente da localização das crianças desaparecidas ou sabe o que aconteceu com elas.

A mãe de dois filhos de Idaho que estão desaparecidos desde setembro e está no Havaí. A polícia deteve Lori Vallow e seu novo marido perto de um resort à beira-mar. Os investigadores disseram que não há sinal de que os dois filhos de Vallow tenham chegado ao Havaí. https://t.co/ZOwgxVZQ0Y pic.twitter.com/mlMfOIjkMm

- KTVU (@KTVU) 27 de janeiro de 2020



A polícia acredita que o desaparecimento das crianças está relacionado a uma investigação sobre a morte de Tammy Daybell, a primeira esposa de Chade, de 49 anos. Tammy foi encontrada morta em sua casa em outubro, e semanas depois Chad e Vallow se casaram.

Originalmente, essa morte foi considerada natural, mas desde então foi classificada como suspeita. Posteriormente, os restos mortais de Tammy foram exumados para fins de autópsia.


se você viveu nas planilhas dos tempos coloniais

Quanto ao ex-marido de Vallow, Charles Vallow, ele morreu em julho devido a um tiro de seu irmão, Alex Cox, após um confronto entre os dois homens.

Vallow e Cox foram questionados sobre isso, mas nenhum foi acusado. Cox morreu mais tarde em dezembro.

Nos documentos de divórcio apresentados por Charles quando ele ainda estava vivo, Lori foi acusada de declarar sua crença de que ela era um deus reencarnado que havia sido enviado para liderar quando a segunda vinda de Jesus retornou em julho de 2020. Os documentos do divórcio afirmam ainda que ela ameaçou matar Charles se ele entrasse em seu caminho. Durante o processo, o advogado de Charles também disse que seu cliente tinha um 'medo genuíno por sua vida'.